A+ A A-

Santa Comba Dão debate sobre importância da valorização florestal

P1014287Numa parceria entre a Câmara Municipal de Santa Comba Dão e a Associação de Desenvolvimento Local (Adices), decorreu no dia 8 de dezembro um Fórum Florestal, cujo tema foi "Estratégias e Oportunidades de Valorização Florestal".

A abertura deste evento, que teve lugar na Casa da Cultura de Santa Comba Dão, contou com a presenta do Presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão, Leonel Gouveia, e a coordenadora da Adices, Regina Lopes.

Durante a sessão de abertura, Leonel Gouveia não deixou de salientar a importância dos temas em destaque neste fórum para o nosso concelho. “Este assunto é importante para o futuro do nosso território, que como bem sabemos, e estamos conscientes, está repleto de potencialidades”, afirmou, acrescentando que os temas nas duas mesas tinham por objetivo alcançar não apenas o interesse de agricultores e produtores florestais, como também de gestores e de eventuais interessados em iniciar um projeto na área florestal.

Como moderadora do primeiro painel apresentado, Regina Lopes realçou igualmente a mais valia de se realizarem iniciativas como esta, para que se discutam os temas relativos à problemática da floresta, “que é uma matéria complexa, pois nela recaem olhares de preocupação no que diz respeito à sustentabilidade e ganhos económicos”. “É necessário perceber o tipo de atividade florestal que temos, para que sejam tomadas as decisões mais adequadas, e este fórum surge como oportunidade para isso mesmo, para que se esclareçam dúvidas e haja reflexão”, declarou Regina Lopes.

Numa primeira fase foram discutidas as várias componentes inerentes às políticas públicas e linhas de financiamento, tendo como primeiro orador Francisco Correia, chefe da divisão de investimentos de Viseu da DRAP Centro, que fez um breve enquadramento sobre o Plano de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020, apresentando as linhas de apoio vocacionadas para o desenvolvimento florestal, designadamente as constantes da Medida 8. Também de destacar neste primeiro painel as apresentações de Jorge Batista, da Adices, com o “Pacto 2020 Leader/DLBC” e a “afirmação da economia verde como ativo estratégico do território”, enquanto entidade interveniente nos processos de candidatura constantes da Medida 10 do PDR2020; Luís Tibério, da Caule, que expôs um pouco sobre o enquadramento da Zona de Intervenção Florestal - ZIF no concelho de Santa Comba Dão e as estratégias previstas no Plano de Gestão Florestal, com orientações sobre o modelo de exploração a adotar e as espécies florestais a privilegiar; e José Martinho, da Espaço Visual, que fez uma apresentação da experiência da Espaço Visual em diversos projetos de desenvolvimento Agrícola e Agroflorestal, bem como do “projeto de caracterização das parcelas e integração com a Bolsa de Terras”.

Regina Lopes foi a moderadora destas apresentações, bem como do debate que se seguiu, onde foram discutidas dúvidas sobre os temas tratados.

No decorrer da tarde, após um breve intervalo, foi dado início ao segundo painel de intervenções, relativas à atividade florestal no concelho de Santa Comba Dão e respetivas linhas de atuação. Leonel Gouveia foi o moderador deste debate.

Nesta segunda fase, foram abordados temas como a “produção de eucalipto no contexto nacional e no concelho” e a experiência da Associação de Produtores florestais do Planalto Beirão na “produção de pinheiro manso”, trazidos respetivamente a discussão por Miguel Grillo, da Altriflorestal e Joana Caldeira, da Associação de Produtores florestais do Planalto Beirão, onde foi mencionado o elevado potencial do concelho de Santa Comba Dão para a produção destas espécies, quer na vertente de produção lenhosa como na de produção de frutos e sementes. Foram ainda asseguradas apresentações sobre “o processo de candidatura no contexto do PDR2020”, por Paula Simões, da Agroconceito, e “projetos de re/arborização”, por Paulo Silva, que esclareceram sobre os procedimentos e elementos necessários à submissão de candidaturas e licenciamento de ações de arborização ou rearborização.

Como evidenciado no decorrer do programa deste Fórum Florestal, a sua diversidade de temas surge como oportunidade de resposta a um momento no qual se aguardam algumas alterações no que respeita a linhas de financiamento do PDR2020.

O Fórum Florestal Estratégias e Oportunidades de Valorização Florestal contou com a presença de cerca de 60 participantes e convidados, incluindo algumas entidades com responsabilidades locais e nacionais.

 

 

Fotografias do evento, aqui.

Câmara Municipal de Santa Comba Dão, Largo do Município 13, 3440-337 Santa Comba Dão       Tel.: 232 880 500 | Fax: 232 880 501 | E-mail: geral@cm-santacombadao.pt