Ir para conteúdo

XIII Festival de Música e Artes do Dão | A cultura com um selo de excelência

XIII Festival de Música e Artes do Dão | A cultura com um selo de excelência

08 jun '21
Cultura

O Festival de Música e Artes do Dão prossegue em junho, com mais um ciclo de apresentações e iniciativas culturais que decerto ficará na memória de todos.

O primeiro destes espetáculos teve a assinatura da ACERT, no quadro da parceria de longos anos que une esta associação cultural ao Conservatório de Música e Artes do Dão (Cmad). Com José Rui Martins e Luísa Vieira, 20dizer explorou “a musicalidade da palavra dita, cantada e teatralizada, voando em múltiplas geografias”. Em Santa Comba Dão foi apresentada uma nova versão deste “desafio artístico”, que vem sendo apresentado em diferentes palcos e lugares, sempre com uma abordagem renovada de textos e poemas. Em comum o diálogo poético-musical, fundado num ambiente intimista e de partilha com o público.

Na tarde de 5 de junho, passaram pelo auditório da Casa da Cultura, mais de 60 crianças dos diferentes concelhos da região, que entraram em contacto com diferentes instrumentos, no contexto da iniciativa de sensibilização musical Roda dos Instrumentos. De referir que a atividade teve, igualmente, um formato online, durante a qual os professores deram a conhecer, de forma didática e apelativa, os instrumentos que ensinam.

Ainda durante o primeiro fim-de-semana de junho, destaque para o espetáculo de dia 6, com o Ensemble de Metais e a Orquestra de Cordas, com a qual se apresentaram nove alunos finalistas do Curso Profissional de Música.

Composto por 21 alunos das classes de eufónio, trombone, trompa e trompete, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos, o Ensemble de Metais, na presença do responsável João Alves, apresentou os temas Great Movie Adventures (arr de Michael Sweeney), Pictures at an Exhibition de Modest Mussorgsky (arr de Michael Sweeney) e Easy Rag de Francesco Cardaropoli.

Seguiu-se  a orquestra de Cordas, composta por 25 alunos de violino, viola d’arco e violoncelo, com idades entre os 12 e os 17 anos, sob a responsabilidade dos professores David Machado e Rodrigo Reis, que acompanhou os nove solistas, finalistas dos Cursos Profissionais de Música do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão e do CMAD. Foram eles André Moura, Afonso Viana e Beatriz Macieira, no saxofone, Inês Chaves, na guitarra, Joana Ribeiro e Carlos Santos no trompete, Tomás Ferreira, em canto, Afonso Viana, no saxofone, Luís Fernandes, no acordeão, e Guilherme Costa, na trompa

O público rendeu-se, uma vez mais, ao registo de excelência das diferentes apresentações, aplaudindo amplamente todos os músicos que passaram pelo palco da Casa da Cultura.

O XIII Festival de Música do Dão, que é apoiado pelo Município de Santa Comba Dão, entre outras entidades, prossegue no dia 18 de junho, com o concerto da Orquestra Filarmonia das Beiras, na Casa da Cultura.

E até ao final do mês de julho, o programa do evento contempla ainda os seguintes espetáculos:

26 de junho 21h00
Centro Cultural do Carregal do Sal
Ensemble de Guitarra
Coro CMAD
Coro de Câmara



3 de julho 11h00
Casa da Cultura Santa Comba Dão
Concerto ABC (Pré-Iniciação, Iniciação, Ensemble AMAD, Orquestra Juvenil)



22 a 25 de julho
Casa da Cultura Santa Comba Dão
Musical "O Homem dos Sapatos Dourados"