Ir para conteúdo

Nagozela

Nagozela é uma aldeia do concelho de Santa Comba Dão, cujo território equivale ao da antiga freguesia, criada em 1985, por desanexação de território da freguesia de Treixedo. Vinte e oito anos depois, com a reorganização administrativa de 2013, o território voltou novamente a ser fundido com Treixedo, formando a União de Freguesias de Treixedo e Nagozela.

Com uma área de 7,56 km², Nagozela tem (ainda de acordo com os Censos de 2011) uma densidade populacional de 59,1 hab/km 2.

Devido à sua localização geográfica, o quotidiano de grande parte dos habitantes da aldeia encontra-se, tal como no passado, relacionado com a agricultura. A ribeira que passa no centro da localidade é um recurso potenciador desta atividade, constituindo um eixo de desenvolvimento agrícola, na medida em que auxilia a irrigação das terras localizadas nas suas margens.

Tem como património cultural e arquitetónico as capelas de Santo Estêvão e de Nossa Senhora da Conceição e o Padrão do Milénio. O orago é Santo Estêvão, mas é em honra de Nossa Senhora da Conceição, que – a 8 de dezembro – se realiza uma romaria com vários festejos.

 

Um pouco de história

(…) Uma das lendas que procura explicar a sua origem toponímica e Nagozela fala (…) dos senhores destas terras, nos finais do séc. X. Estes senhores poderosos (Gundisalvo Moniz e esposa Mumadona, que dominavam vastas regiões do território que só passado um século e meio seria Portugal], em 981 assinaram um documento que doava ao mosteiro de Lorvão várias terras:

(…) Por isso Gundissalo, sewrvo de Deus e minha mulher Mumadona quisemos, em nosso juízo perfeiro, e com toda a liberdade para ficarmos em paz, fazer ao referido mosteiro )...=).

Juntamos também outras vilas para servirem o mesmo mosteiro: … Do outr lado a vila de Negosela, separada pelos limites do monte de Mouraz e de Travanca...”


Diz a lenda associada à toponímica, que terão sido esses senhores que, de visita ou passagem pelas suas terras, mandaram comprar ovos, por sua serva, à mulher do caseiro. Esta, não os querendo vender, terá respondido não os ter. A serva, ao chegar junta da ama terá dito: “ovos tem, mas negosela”. (…)

De acordo com algumas informações documentais [não confirmadas ] em 1109, por D. Henrique e D. Teresa, pais de D. Afonso Henriques, terão doado estas terras aos bispos de Coimbra. Também há referências à possibilidade de ter sido o primeiro rei de Portugal a libertar definitivamente esta povoação e outras da área do domínio árabe, em 1143, quando se deslocava de Lamego para Coimbra, mas tal não pode ser verdade, porque esta região já há muito tempo que não estava debaixo de domínio árabe,


O cadastro da Beira de 1527 refere que Nagozela tinha 27 moradores (fogos).

As diferentes reformas administrativas do séc. XIX implicaram várias alterações no estatuto administrativo de Nagozela. Foi uma anexa de Treixedo até 1850, mas nesta data passou a fazer parte da freguesia de Vila Nova da Rainha, do concelho de Mouraz. Cerca de 30 anos mais tarde regressou à freguesia de Treixedo e concelho de Santa Comba Dão. Foi desanexada em 1985, sendo agregada, novamente, com Treixedo (como já referido) em 2013.

 

Versões da lenda de Nagozela

1. A primeira lenda consiste no facto de que há algum tempo passara por Nagozela a Rainha que, por motivos de mau tempo, teve de pernoitar na aldeia. Nessa noite, a rainha teve o desejo de comer ovos, que os seus criados prontamente providenciaram.
Quando um dos seus criados os pediu a uma vendedora, ela recusou-se a satisfazer o seu pedido. O criado dirige-se para junto da rainha e profere a seguinte expressão:
- Ovos Negos ela...


2. Outra lenda diz respeito a um conjunto de homens que passou por Nagozela e que queria comprar ovos, tendo ido averiguar quem os vendia.
Quando um deles voltou de mãos vazias, os outros perguntaram o que lhe tinha acontecido para não ter comprado os ovos. Ele respondeu:
- Ovos Negos ela...


3. A última lenda de que se fala de um casal, Gundissalvo Moniz e Mumadona, que visitou Nagozela. O casal desejava para o seu jantar uma refeição que incluía ovos.
Quando uma das suas servas saiu à procura de ovos, dirigiu-se a uma vendedora que vendia ovos, mas que disse não os ter. A serva chega a casa e diz ao casal:
- Ovos tem, mas Negos ela...

Assim se conclui que o nome de que deriva Nagozela é de uns famosos ovos que foram negados.

 

Fonte: Ferreira, Francisco Santa Comba Dão - Uma Monografia (2015). Município de Santa Comba Dão