Ir para conteúdo

Nagozela

 

Nagozela é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Santa Comba Dão, com 7,56 km² de área e 447 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 59,1 hab/km².


A freguesia de Nagozela foi criada em 1985, por desanexação de território da freguesia de Treixedo. A freguesia foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2013,[2] sendo o seu território novamente fundido com Treixedo, para formar a União de Freguesias de Treixedo e Nagozela.

Devido à sua localização geográfica, o  quotidiano da maioria dos habitantes desta aldeia encontra-se relacionado com a agricultura. 

O nome de Nagozela está na base de uma lenta contada localmente, que tem diferentes versões consoante o narrador: 

(versões da lenda de Nagozela)

A primeira lenda consiste no facto de que há algum tempo passara por Nagozela a Rainha que, por motivos de mau tempo, teve de pernoitar na aldeia. Nessa noite, a rainha teve o desejo de comer ovos, que os seus criados prontamente providenciaram.
Quando um dos seus criados os pediu a uma vendedora, ela recusou-se a satisfazer o seu pedido. O criado dirige-se para junto da rainha e profere a seguinte expressão:
- Ovos Negos ela...


Outra lenda diz respeito a um conjunto de homens que passou por Nagozela e que queria comprar ovos, tendo ido averiguar quem os vendia.
Quando um deles voltou de mãos vazias, os outros perguntaram o que lhe tinha acontecido para não ter comprado os ovos. Ele respondeu:
- Ovos Negos ela...


A última lenda de que se fala de um casal, Gundissalvo Moniz e Mumadona, que visitou Nagozela. O casal desejava para o seu jantar uma refeição que incluía ovos.
Quando uma das suas servas saiu à procura de ovos, dirigiu-se a uma vendedora que vendia ovos, mas que disse não os ter. A serva chega a casa e diz ao casal:
- Ovos tem, mas Negos ela...

Assim se conclui que o nome de que deriva Nagozela é de uns famosos ovos que foram negados.